Eventos

Estação Experimental de Urussanga comemora os 28 anos da Epagri com apresentação de tecnologias

Dia de campo vai apresentar um novo cultivar de uva, o SCS 421 Paulina


Um dia de campo na Estação Experimental de Urussanga (EEUr) na sexta-feira, 22, vai marcar as comemorações dos 28 anos de fundação da Epagri nessa unidade de pesquisa. No evento, agricultores familiares da região vão conhecer as diversas possibilidades de diversificação das atividades rurais através dos trabalhos de pesquisa e extensão que a Empresa vem desenvolvendo. Os destaques são para aipim e mandioca, horta doméstica e compostagem, pêssego, uva, ameixa, banana, pitaia, maracujá, manejo e conservação do solo, conservação ambiental, agregação de valor aos produtos da agricultura familiar, rastreabilidade e e-origem.  Segundo o gerente da EEUr, Alexsander Luís Moreto, o evento é um demonstrativo de força e interação entre pesquisadores e extensionistas da região. Dessa união, os produtores já foram beneficiados com novos cultivares de mandioca (SCS254 Sambaqui e SCS255 Luna) e de aipim (SCS262 Sempre Pronto, SCS261 Ajubá, SCS263 Guapo e SCS260 Uirapuru), que se diferenciam pela produtividade e qualidade.

"O cultivar de maracujá mais plantado da região Sul do Brasil, o SCS437 Catarina, por exemplo, também faz parte do leque de tecnologias desenvolvidas e difundidas pela nossa pesquisa e extensão rural. Diversos cultivares de frutas de caroço, como pêssego e nectarina, são exemplos da forte atuação e envolvimento que temos nesses setores", ressalta Alexsander. A Estação Experimental de Urussanga também está envolvida no registro de cultivares de banana, bem como tem trabalhos de impacto no sistema orgânico de produção da bananicultura Sul Catarinense.

Ainda na área de fruticultura, o dia de campo vai apresentar um novo cultivar de uva, o SCS 421 Paulina, registrado recentemente. No evento, os técnicos responsáveis pelo registro vão repassar mais detalhes do cultivar, que é adaptado às condições de clima e solo de Santa Catarina e tem alto potencial para cultivos em sistemas orgânicos. Alexander informa que o SCS 421 Paulina terá mudas disponíveis para plantio pelos fruticultores a partir de 2020.

No evento também será demonstrado o trabalho de monitoramento das principais pragas e doenças das culturas da banana, mandioca/aipim e maracujá que a EEUr desenvolve para gerar conhecimento e recomendações de manejo aos produtores. "Recomendações técnicas para diversas culturas, elaboração e lançamento de livros e softwares de monitoramento hidrológico, chuvas intensas e sedimentos são também planejados e desenvolvidos por nosso corpo técnico e poderão ser vistos no dia de campo", destaca o gerente da unidade.

28 anos da Epagri - O dia de campo em Urussanga integra a programação comemorativa dos 28 anos de fundação da Epagri. A série de eventos de aniversário da Empresa segue por todo o Estado durante novembro, com lançamento de tecnologias, dias de campo, seminários, atividades de educação ambiental e outras, que vão apresentar à sociedade um pouco do trabalho desenvolvido nestas quase três décadas de extensão rural e pesquisa agropecuária em Santa Catarina.

O Estado catarinense foi o primeiro, e até hoje é um dos únicos, a reunir numa empresa os serviços de pesquisa agropecuária e extensão rural. A partir desse ato de ousadia e inovação se construiu uma história de sucesso. Hoje a Epagri é referência nacional e internacional em pesquisa e extensão rural. O conhecimento que produz é empregado não só em benefício dos catarinenses, mas também repercute no Brasil e no exterior.

Os cultivares de arroz, por exemplo, são utilizados em diversos países. O Sistema de Plantio Direto de Hortaliças (SPDH), criado e difundido pela extensão rural da Epagri, hoje é modelo de agricultura sustentável em nível nacional e internacional. Já existe maçã desenvolvida pela Epagri que pode ser produzida e vendida na União Europeia com royalties revertidos para Santa Catarina.

O sucesso da Epagri nesses 28 anos de existência se reflete na força do agronegócio catarinense. Santa Catarina é líder nacional na produção de maçãs, moluscos e suínos, tem a segunda maior produtividade de arroz irrigado do país, é a quarta maior produtora de leite e de mel do Brasil, tudo isso ocupando apenas 1,1% do território nacional. Grande parte desse resultado se deve ao trabalho da Epagri, que com apoio e confiança dos agricultores, vem inovando para uma agricultura cada vez mais sustentável.

Serviço

  • O que: Dia de campo sobre diversificação de atividades produtivas para propriedades rurais
  • Quando: Sexta-feira, 22 de novembro, das 8h30min às 13h30min
  • Onde: Estação Experimental da Epagri em Urussanga  Rod. SC 108 - Km 353,1563 -   Bairro Estação
  • Informações e entrevistas: Alexsander Luís Moreto, gerente da EEUr, fones (48) 3403-1378 / 99171-3309

 

*Informações para a imprensa: Gisele Dias, jornalista: (48) 3665-5147; Cinthia Andruchak Freitas, jornalista: (48) 36655344; Isabela Schwengber, jornalista: 3665-5407

Comments

SEE ALSO ...