Notícias do Pomar

ICL apresenta tecnologias para potencializar a produtividade e a qualidade do tomate e da batata

Um dos grandes gargalos da produção de tomate no Brasil é a sazonalidade de produção, que, dependendo do clima e da presença de pragas e doenças que atingem o tomateiro


Doutor em Solos e Nutrição de Plantas

Pesquisas conduzidas pela ICL com a profª. dra. Simone da Costa Mello, da ESALQ/USP, em Sumaré (SP), mostram que o uso do fertilizante foliar Triplus aumentou a produtividade e melhorou a qualidade dos frutos do tomateiro. Em Pardinho (SP), experimentos conduzidos pelo profº. dr. Rogério Peres Soratto, da Unesp Botucatu, também apresentaram aumento na produtividade de tubérculos de batata, classificados principalmente como especiais e de primeira

Um dos grandes gargalos da produção de tomate no Brasil é a sazonalidade de produção, que, dependendo do clima e da presença de pragas e doenças que atingem o tomateiro, pode resultar em perdas de produtividade de até 65%. Com isso, tecnologias que minimizam os efeitos dos estresses abióticos da cultura vêm ganhando cada vez mais importância.

Desenvolvida pela ICL, a tecnologia Triplus foi aplicada e avaliada em relação a sua capacidade de promover maior produtividade e qualidade dos frutos do tomateiro em experimento conduzido na cidade de Sumaré (SP). A pesquisa foi liderada pela professora dra. Simone da Costa Mello, da Esalq/USP. Os resultados mostram que houve um aumento de produtividade, principalmente de frutos comerciais com o uso de Triplus. Além disso, foi constatado também aumento nos teores de nitrogênio (N), potássio (K) e boro (B) nas plantas em que a tecnologia foi utilizada.

"O maior teor de N nas plantas pode estar relacionado à capacidade do Triplus em promover um aumento na síntese de nitrogênio através de estímulos à enzima nitrato redutase. Temos também os efeitos já comprovados sobre a urease, enzima que também atua no metabolismo do nitrogênio das plantas", informa José Marcos Leite, engenheiro agrônomo, doutor em Solos e Nutrição de Plantas pela Esalq/USP e gerente de Desenvolvimento de Mercado da ICL.  

Triplus possui em sua composição componentes que atuam em três principais modos de ação: 1 - Biorregulação: estimulando a diferenciação de gemas dormentes; 2 - Retenção: aumentando o tempo de vida da flor, melhorando sua nutrição; e 3 - Nutrição: promovendo a maior fixação e formação de frutos. "Com Triplus, é possível reter mais flores e frutos por planta, aumentar a área foliar e, consequentemente, a produtividade em plantas de tomate e batata", explica Leite.

Segundo o agrônomo, a aplicação do produto influenciou também na qualidade dos frutos, através da intensificação da coloração vermelha em decorrência do maior acúmulo de licopeno, substância antioxidante que, quando ingerida, ajuda a combater radicais livres no organismo humano. "Dessa forma, Triplus foi responsável pelo aumento de produtividade e qualidade no tomateiro".

Batata Ágata - Outro resultado com Triplus, desta vez em trabalho liderado pelo professor dr. Rogério Peres Soratto, da Unesp Botucatu, foi na produtividade do cultivo de batata Ágata. O estudo foi conduzido em área comercial pertencente ao produtor Ivan Fornaziero, em Pardinho (SP).

"A aplicação de Triplus resultou em maior produtividade total de tubérculos, com um incremento significativo de 18% de produtividade, contribuindo para elevar a produtividade em 6.046 kg em relação ao tratamento controle (sem aplicação), além de maior porcentagem de tubérculos da classe especial e de primeira por planta", comemora Leite.

Essas e outras pesquisas e tecnologias ICL serão apresentadas na 27º Hortitec, que acontece de 22 a 24 de junho, em Holambra (SP).

Sobre a ICL - A ICL é líder global que utiliza seus recursos exclusivos e capacidade tecnológica para desenvolver soluções impactantes em nutrição e fisiologia de plantas. Com mais de 12 mil funcionários em todo o mundo, 50 fábricas, 24 Centros de Pesquisa e Desenvolvimento em 13 países, sendo 3 no Brasil, em 2021 alcançou uma receita de US?6,95 bilhões. Na América do Sul, a empresa controla a ICL América do Sul, ICL Brasil e Fertiláqua.

*Connectare Comunicação/Cláudia Santos - (11) 97663-4001

Comments