Eventos

Feira mundial de mecânica agrícola já se prepara para 2024

A 46ª edição da EIMA International, exposição mundial de mecânica agrícola, de 6 a 10 de novembro de 2024, iniciou com mais de mil inscrições


A rapidez com que os fabricantes estão se inscrevendo é um sinal de grande confiança - A 46ª edição da EIMA International, exposição mundial de mecânica agrícola, programada para 6 a 10 de novembro de 2024, iniciou de forma impressionante, com mais de mil inscrições formalizadas em apenas três semanas. A FederUnacoma, organizadora direta do evento, destaca que cerca de 700 inscrições são de indústrias italianas e 300 de fabricantes estrangeiros. 

Com esse ritmo, é provável que o número de expositores da edição de 2022 (1.530) seja alcançado e superado em breve. A fase inicial de reserva será seguida por uma cuidadosa alocação de espaços, visando posicionar as indústrias de maneira ideal e garantir a visibilidade adequada. O evento despertou interesse não apenas de empresas tradicionais, mas também de novas, indicando um crescente interesse na exposição em Bolonha.

"A rapidez com que os fabricantes estão se inscrevendo é um sinal de grande confiança em relação a esta exposição", observa a Presidente da FederUnacoma, Mariateresa Maschio. "Mas também é indicativo das expectativas muito elevadas que o mundo agromecânico tem em relação à EIMA", completa.

A presidente destaca a responsabilidade de proporcionar uma exposição de alta qualidade, abordando não apenas o conteúdo técnico, mas também aspectos culturais e reflexões políticas. A ênfase está nos grandes desafios da agricultura global, especialmente os relacionados à segurança alimentar e sustentabilidade ambiental.

"A EIMA International é um evento de grande apelo para operadores econômicos, empreendedores agrícolas e técnicos de mecanização agrícola de todo o mundo", explica Simona Rapastella, diretora Geral da FederUnacoma. "Mas também é o lugar onde as estratégias de desenvolvimento do setor são delineadas e onde se aprende sobre os novos modelos de agricultura e as transformações que a robótica, a eletrônica avançada e a inteligência artificial estão trazendo para o cultivo de campos". *Agrolink/Leonardo Gottems

Comments