tecnologia

Brasil quebra barreiras e conquista recorde nas exportações de frutas em 2023 e alcança mais de 1,2 bilhão em dólares em faturamento

Diversidade e qualidade das frutas brasileiras conquistam paladar no mercado mundial


O Brasil comemora extraordinário avanço nas exportações de frutas em 2023 ao ultrapassar a marca de 1,2 bilhão de dólares em faturamento. Este resultado representa um novo ápice para as exportações de frutas brasileiras, pois a variação em relação ao ano anterior foi um expressivo aumento de 26,73%. Em termos de volume, registraram aumento de 6%, equivalentes ao envio de mais de um milhão de toneladas de frutas para o mercado internacional.

Esse feito reflete a expressiva diversidade de frutas cultivadas no país, assim como o contínuo crescimento e o reconhecimento da qualidade dos produtos brasileiros nos mercados globais.

O presidente da Associação Brasileira de Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Guilherme Coelho, enfatiza o compromisso e o trabalho árduo dos produtores brasileiros.

"Esse recorde é o resultado direto do esforço incansável dos nossos fruticultores. Eles dedicam suas vidas a cultivar frutas da mais alta qualidade, com respeito ao meio ambiente e na busca incessante pela excelência. Estamos extremamente orgulhosos desse marco e continuaremos a apoiar e fortalecer nossa fruticultura", disse.

Destaque - A manga continua a liderar as exportações, mantendo-se como a preferida nos mercados globais. Foi registrado um notável aumento de 51,52% em valor e 15% em volume, totalizando mais de 266 mil toneladas dessa fruta tropical, que continua a encantar consumidores ao redor do mundo.

Já o melão assegurou sua posição como o segundo produto mais exportado em 2023, ultrapassando 228 mil toneladas, com um faturamento de US$189 milhões. Apresentou um expressivo crescimento de 20,93% em valor e 2,61% em volume. Esses números não apenas destacam a força do mercado de melões brasileiros, mas também enfatizam a constante busca por qualidade e excelência nas exportações de frutas do país.

O abacate continua a se destacar com um crescimento progressivo a cada ano, a fruta alcançou um notável registro de mais de 128% em valor e surpreendentes 143% em volume nesta temporada. Esses números refletem não apenas a crescente popularidade do abacate, mas também a consolidação dessa fruta como uma escolha apreciada tanto em termos de sabor quanto de valor nutritivo.

Este cenário é resultado dos últimos anos, no qual o Brasil tem se destacado na abertura de novos mercados graças à parceria entre ABRAFRUTAS e o Governo federal, através do Ministério da Agricultura (MAPA) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil).

O Brasil reafirma sua posição como um dos principais players no mercado global de frutas, destacando-se não apenas pela quantidade, mas pela qualidade e diversidade de suas produções. 

"A Abrafrutas, comprometida com a promoção de uma fruticultura sustentável e próspera, celebra este recorde como um passo significativo para um futuro ainda mais frutífero", completa Guilherme Coelho. *Telma Martes/Comunicação Abrafrutas

Após recorde em 2023, exportações de frutas devem seguir em alta - As exportações brasileiras de frutas em 2023 alcançaram receitas de mais de um bilhão e 300 milhões de dólares. Esse é o melhor desempenho já registrado pelo setor até agora. Sobre isso, a gente conversou com o presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados, Guilherme Coelho.

Veja vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=EeOQoHy5mLc&t=11s

Comments